Notícias


Voltar

13/04/2018Ribeirão Pires aponta resultados positivos com a parceria com o Instituto Ayrton Senna

Reunião com o Comitê Gestor avaliou a parceria com a rede municipal de ensino

Nesta quinta-feira, dia 12, representantes da Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires participaram de reunião do Comitê Gestor do Instituto Ayrton Senna. Durante o encontro, foram avaliados os resultados e traçadas estratégias do programa “Gestão da Política de Alfabetização”, promovido gratuitamente desde agosto pelo Instituto em nove escolas da rede municipal de Ribeirão Pires.

O encontrou contou com a presença da secretária de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia da cidade, Flávia Banwart, das representantes do Instituto, a agente técnica Teresa Jussara Luporini e a gerente de Projetos Carolina Simões Dér, do representante do Conselho Municipal de Educação, Carlos Santi, e ainda das orientadoras do Núcleo Pedagógico da Prefeitura.

Na reunião, foram discutidos os resultados já obtidos pelos alunos.  Em 2017, cerca de 500 estudantes do 3º ano participavam do projeto. No comparativo entre os meses de agosto e novembro, os alunos melhoraram o rendimento escolar e índices de leitura e escrita. Dos quatro níveis de classificação, em novembro, 83% dos estudantes já registravam desempenho satisfatório, contra 71% no mês de agosto. Nos níveis não consideráveis satisfatórios, os índices caíram de 28% em agosto para 15% em novembro.

Neste ano, o Instituto Ayrton Senna ampliou a parceria com a Prefeitura de Ribeirão Pires. Atualmente, 1.350 alunos dos primeiros aos terceiros anos do Ensino Fundamental participam da ação, que ainda contempla 53 professores titulares, 23 professores de apoio e 11 coordenadores pedagógicos.  

Ribeirão Pires é a única cidade do Grande ABC que implantou na rede municipal parceria com o Instituto Ayrton Senna.  “Estou impressionada com o resultado da avaliação diagnóstica.  Os números apontam o aumento significativo de estudantes que progrediram na leitura e escrita, tanto na língua portuguesa, quanto na matemática", ressaltou, a agente técnica do Instituto, Teresa Jussara Luporini.

Além de acompanhar o desenvolvimento dos estudantes, o projeto também trabalha na capacitação de professores e coordenadores. “Os professores recebem qualificação contínua e contam com um caderno de acompanhamento, material estruturado para que o educador faça registros sobre a evolução de cada um dos estudantes, incluindo o plano de aulas semanal e dados sobre resultados das avaliações, perfil dos estudantes, e observações específicas sobre leitura e escrita”, ressalta a secretária de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia, Flávia Banwart.

Pacto pela Alfabetização – Além da parceria com o Instituto Ayrton Senna, Ribeirão Pires aderiu às formações do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC).  O PNAIC é um acordo formal, assumido pelo Governo Federal, estados, municípios e entidades para firmar compromisso que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do Ensino Fundamental. 

Em 2017, a ação formou cerca de 160 profissionais entre professores da educação infantil, ensino fundamental, coordenadores e formadores alfabetizadores, e abrangeu cerca de 1.500 alunos do Ensino Fundamental I e 2.800 alunos da Educação Infantil. 

Em 2018, o PNAIC continua em 21 escolas municipais e, além de beneficiar os alunos do Ensino Fundamental, irá auxiliar os professores da Educação Infantil (alunos de 4 e 5 anos) nas práticas pedagógicas para que as crianças recebam estímulos de letramento e alfabetização.

 



Prefeitura Municipal de Ribeirão Pires