Notícias


Voltar

10/08/2018Festival do Chocolate de Ribeirão Pires mantém índice zero de ocorrência e boa avaliação de organização

Para garantir festa tranquila, sem ocorrências e bem estruturada, evento contou com mais de 200 profissionais do município em todos os dias do evento

O 12º Festival do Chocolate de Ribeirão Pires movimentou a cidade nos últimos finais de semana. Foram nove dias de evento (entre 20 de julho e 5 de agosto) que reuniram 111,8 mil pessoas no Complexo Ayrton Senna. No último domingo de festa, dia 5, representante de cada uma das equipes foi homenageada pela organização, recebendo o agradecimento do público.

Para manter estrutura adequada e ambiente seguro aos visitantes, a Prefeitura mobilizou mais de 120 profissionais por dia em diferentes setores, como Segurança Pública, Infraestrutura Urbana, Trânsito, Turismo, Acessibilidade, Saúde, Comunicação, entre outras áreas. O evento contou, ainda, com o apoio das polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, além de profissionais particulares. 

Os shows principais de cada noite do Festival atraíram milhares de pessoas. Ainda assim, e mesmo com a venda de cervejas artesanais no espaço – novidade no evento – não foram registradas ocorrências policiais. Por dia, foram 160 agentes de segurança, sendo 80 policiais militares, inclusive com a presença da Cavalaria, mais de 40 Guardas Civis Municipais, além de policiais civis e seguranças particulares.

“A presença massiva e ostensiva das forças de segurança inibiram qualquer tipo de tentativa de ação criminosa dentro da festa ou em seu entorno. Garantimos, por meio de mais um trabalho integrado, a segurança e a tranquilidade de todos aqueles que vieram curtir o Festival”, declarou o secretário de Segurança Pública de Ribeirão Pires, Coronel José Luis Navarro. 

Para garantir a segurança e a orientação a pedestres e condutores, mais de 30 agentes de trânsito atuaram nas imediações do 12º Festival do Chocolate. “Os profissionais do Trânsito eram os primeiros a chegar, para fazer a interdição e sinalização das vias, e os últimos a saírem, com a liberação das ruas. Nossos profissionais realizaram trabalho essencial para garantir o bom acolhimento dos visitantes e o bom funcionamento de esquemas de desvio dos veículos no entorno do Complexo Ayrton Senna”, observou o secretário de Transporte e Trânsito, Sargento José Adão Alves.

Na área da Saúde, equipes atuaram no atendimento da enfermaria e no fraldário. Todos os dias, profissionais da Vigilância Sanitária vistoriaram os chalés de gastronomia, para garantir o cumprimento das normas que regulam os serviços de alimentação. A equipe da Secretaria de Saúde e Higiene realizou, ainda, treinamento com todos os comerciantes antes do início do Festival.

Para acolher todos os visitantes, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Participação, Acessibilidade e Inclusão Social preparou em mais uma edição estrutura especial de atendimento a pessoas com deficiência, idosos e gestantes. Área reservada em frente ao palco, orientações e acessibilidade foram garantidas na festa, que disponibilizou, entre outros serviços, cardápio em braile e intérprete de libras. Foram prestados mais de 200 atendimentos a deficientes durante os nove dias do evento. 

A Secretaria de Infraestrutura Urbana também marcou presença com a participação das profissionais da limpeza urbana. Desde a manhã até o final da noite, as equipes cuidaram da varrição do Complexo Ayrton Senna e limpeza das áreas de alimentação utilizadas pelo público. A Infraestrutura atuou, ainda, na manutenção dos chalés e dos espaços da festa.

Equipes da Secretaria de Meio Ambiente também estiveram no evento, com participação de profissionais da fiscalização e com apoio. Durante a festa, todo o lixo produzido pelos visitantes passou por triagem da Cooperpires – Cooperativa de Catadores de Material Reciclável da cidade – e teve posterior destinação para a reciclagem.

Profissionais da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico atuaram nos bastidores do evento em todos os dias, garantindo a manutenção da estrutura de shows, recepção do público, programação cultural, e conduzindo, junto à ACIARP, questões relacionadas aos chalés de gastronomia e artesanato.

“O Festival do Chocolate foi uma grande festa que atingiu marcas históricas, como com a arrecadação recorde de 93 toneladas de alimentos. Tudo isso foi possível graças ao empenho e dedicação de profissionais de todos os setores, desde os administrativos, que nos deram condições de trabalho, até os que puseram a mão na massa. Como sempre diz o prefeito Kiko, esse é um evento de todo o município, organizado com muito carinho pela Prefeitura”, disse o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, César Ferreira. 

A Comunicação disponibilizou estrutura para a recepção de profissionais em Sala de Imprensa montada no Teatro Municipal Euclides Menato, com áreas de trabalho e acesso à Internet. Áreas para coletivas com atrações principais, atendimentos e orientações foram prestadas no local. “Agradecemos todas as equipes e profissionais que acompanharam o 12º Festival do Chocolate e contribuíram na divulgação do evento. Atribuímos o sucesso dessa festa também ao trabalho realizado com dedicação e seriedade pela imprensa regional e também da Grande São Paulo”, observou o secretário de Comunicação da cidade, Caio Carvalho. 

 



Prefeitura Municipal de Ribeirão Pires