Notícias


Voltar

14/03/2019Famílias removidas de casas após tempestade terão liberação do FGTS

Após reunião com o governador João Dória e o ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, prefeitos receberam confirmação da medida

O prefeito de Ribeirão Pires, Adler Teixeira – Kiko, participou na manhã dessa quinta-feira, dia 14, de mais uma reunião com o governador do Estado, João Dória, com o ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, prefeitos do ABC e da capital paulista, além de equipe técnica estadual, para debater medidas emergenciais voltadas ao período de chuvas. Durante o encontro, foram anunciadas ações, dentre as quais a liberação do saque antecipado do FGTS aos moradores removidos de suas residências em áreas de risco.

Em Ribeirão Pires, até o presente momento, 24 famílias estão recebendo o acompanhamento das equipes de assistência social, após deixarem suas casas. Esses moradores estão sendo orientados sobre os procedimentos que serão adotados para liberar, junto à Caixa Econômica Federal, o saque do Fundo de Garantia. 

“Apresentamos demandas prioritárias em nossas cidades, em busca de apoio e recursos para ações imediatas, especialmente voltadas às famílias afetadas por ocorrências da chuva do início da semana. Todas as medidas de segurança e assistência a essas famílias estão em andamento. Nossas equipes seguem mobilizadas no atendimento à população”, afirmou o prefeito Kiko.

Para garantir o acesso das famílias que tiveram suas casas interditadas aos programas de assistência, e como forma de agilizar intervenções preventivas no município, a Prefeitura de Ribeirão Pires decretou na terça-feira, dia 12, Estado de Emergência. O Decreto Municipal Nº 6.894/19 foi homologado nessa quarta-feira, dia 13, pelo Governo do Estado e pelo Governo Federal.

Participaram da reunião o vice-governador Rodrigo Garcia; equipe técnica do Governo do Estado, entre os quais o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido; o secretário-chefe da Casa Civil Militar e Coordenador Estadual da Defesa Civil, Coronel PM Niakas; entre outras autoridades.

Entre o final da noite de domingo, dia 10, e essa segunda-feira, dia 11, Ribeirão Pires registrou, em poucas horas, 172 mm de chuva – o maior índice do Estado. O alto volume de água provocou 92 ocorrências em diferentes regiões do município, a mais grave, com vítimas, no bairro São Caetaninho.

Desde a noite do domingo, equipes da Defesa Civil Municipal, Guarda Civil Municipal, assistência social, infraestrutura, trânsito, fiscalização, além do Fundo Social da cidade, estão mobilizadas no atendimento das ocorrências e no apoio às famílias removidas de residências em áreas de risco. 

 



Prefeitura Municipal de Ribeirão Pires