Notícias


Voltar

17/12/2019Atenção aos cuidados no período de fortes chuvas!

Ribeirão Pires e outros municípios do País estão em alerta nesse período de chuvas intensas.

A Defesa Civil Municipal, com o suporte da Prefeitura, trabalha na Operação Verão Seguro (OVS). O período previsto de chuvas intensas segue até 15 de abril de 2020.

Fique ligado nas diretrizes de segurança estabelecidas pela OVS. Redobre a atenção e os cuidados:

- Em caso de emergência, acione a Defesa Civil Municipal - telefones 199 ou 4825-1830.

- Receba alertas climáticos sobre sua região. Envie um SMS para o número 40199 e informe o CEP referente à localização que deseja acompanhar.

- Também é possível acompanhar dados e colaborar com registros no aplicativo Alerta ABC, do Consórcio Intermunicipal Grande ABC.

Previsão de fortes chuvas? Saiba o que fazer:

- Não jogue lixos e entulhos nas ruas e beiras de rios;

- Verifique calhas e telhas quebradas;

- Fique atento ao surgimento de goteiras, estufamentos e trincas em paredes, terrenos e muros;

- Fique atento à árvores, muros e postes inclinados; estalos ou aumento de trincas em pedras; águas mais barrentas;

Ao verificar algum destes sinais, saia imediatamente do local e acione a Defesa Civil.

Minha casa fica em área de encosta. Como me proteger?

- Conserte vazamentos. Encanamentos com problemas, esgoto a céu aberto, valas obstruídas e acúmulo de lixo nas encostas também provocam deslizamentos;

- Não jogue água de pia, tanque ou chuveiro nas encostas. Além de contaminar o solo, causa movimentação de terra (instale tubos para escoamento e canaletas);

- Não desmate. Sem árvores e vegetação, as áreas ficam sujeitas a desmoronamentos e deslizamentos de terra. Preserve o meio ambiente!

-Plante grama ou capim nas encostas de terrenos. As raízes penetram no solo, evitando assim a movimentação da terra;

- Não plante bananeiras e árvores grandes como de mangas, mamão, abacate, entre outras. Elas acumulam muita água no solo e geram risco de deslizamentos de terra;

- Não construa próximo a barrancos. Quanto maior a distância, mais segura estará a construção;

- Aterros e cortes na encosta deixam o terreno instável e sob risco de deslizamentos. Procure orientação de técnicos da Prefeitura.

- Lixo descartado nas encostas acumula água, fica mais pesado e, ao escorregar, arrasta o solo junto;

- Trincas no chão e nas paredes da casa indicam problemas de estrutura e risco de desabamento. Na dúvida, acione a Defesa Civil.

O que fazer em caso de enchentes?

- Desligue a chave geral e feche o registro de água no cavalete em imóveis;

- Levante móveis e eletrodomésticos;

- Coloque lixo em lugar alto;

- Mantenha alimentos e outros produtos longe da água (caso estejam molhados descarte-os);

- Separe documentos e remédios;

- Retire animais de estimação do local e leve-os para área segura;

- Procure abrigo em locais altos e secos.

Atenção! Evite contato com a água de chuva, pois ela pode estar contaminada. Se houver contato, fique atento a sintomas como febre, vômito, diarreia e dores musculares. Ao sentir os sintomas, procure uma Unidade de Saúde.

Não coloque sua vida em risco: jamais se arrisque em locais inundados, mesmo para salvar documentos ou objetos de valor. A sua vida vale mais!

Cuidados no trânsito:

- Diminua a velocidade;

- Procure locais altos e livres de enchentes;

- Não feche cruzamentos e facilite a passagem de veículos de socorro;

- Ao cruzar áreas alagadas, dirija devagar e mantenha a aceleração constante para evitar que o motor se afogue.

Caso esteja em local seguro e ocorram chuvas fortes na cidade, não enfrente alagamentos.

Como devo agir depois da enchente?

- Quando as águas baixarem, inicie a limpeza do local atingido;

- Use luvas e botas para evitar acidentes;

- Inutilize todos os alimentos e produtos que tiveram contato com a água contaminada;

- Lave e desinfete os objetos usando a mistura: uma colher de sopa de água sanitária para cada um litro de água;

- Não use água de fontes ou poços;

- Não reutilize água de enchente (nem para lavar quintas ou retirar lama da calçada).

- Mantenha eletrodomésticos fora da tomada até que tudo esteja seco.

Raios! O que fazer?

As descargas elétricas ocorrem na maioria dos temporais. Raios podem, sim, cair no mesmo local mais de uma vez. Sempre procura o caminho mais curto e atinge objetos mais altos do local, que podem ser: árvores, torres, e até mesmo uma pessoa isolada em campo aberto.

Portanto, fique atento aos cuidados:

- Exija que seu prédio instale ou faça manutenção do sistema de para-raios;

- Não permaneça em campos de futebol, pastos, quadras descobertas ou qualquer outra área aberta;

- Topos de morros e montanhas devem ser evitados;

- Não permaneça em tratores, motocicletas, bicicletas ou outro veículo que você fique exposto;

- Abrigue-se em locais fechados;

- Fique longe de árvores, postes ou linhas de energia, pois estes atraem e conduzem energia elétrica;

- Mantenha-se longe de estruturas metálicas (como varais ou trilhos, por exemplo), e não segure objetos pontiagudos de metal;

- Para-raios não protegem aparelhos eletrônicos, portanto desligue-os da tomada e evite proximidade com tomadas, canos, janelas, portas metálicas;

- Não utilize chuveiro elétrico;

- Evite uso de telefone fixo e não use o celular na tomada;

- Durante tempestades, nunca permaneça no mar, lagoas e piscinas.

- Não fique na varanda durante as chuvas com raios.

 Qual o melhor abrigo em caso de raios?

- Abrigue-se em uma residência ou em edificações como comércios, prédios, estações de ônibus ou metrô, entre outros.

- O carro também serve de abrigo, pois os pneus são isolantes de correntes elétricas. Mas mantenha distância das partes metálicas.

 



Prefeitura Municipal de Ribeirão Pires